Se prestarmos mais atenção aos detalhes da natureza, perceberemos que cada estação do ano traz mensagens e convites específicos. No entanto, muitas vezes não conseguimos enxergar esses sinais porque insistimos em achar que não somos parte integrante do meio ambiente e que não podemos aprender e desenvolver com ele. As árvores compartilham muitas semelhanças com as características dos homens, cada estação do ano nos convida a novas posturas e nos oferece uma série de aprendizados para a vida.

Somos uma constante mudança e por mais que pareça que estamos sem rumo ou sem vida como no inverno, ainda assim a árvore tem suas raízes fortes e logo tem suas flores e folhas novamente. A vida é um ciclo o Ser humano se equilibra nas faltas e ganhos na completude e na perda como uma árvore . 

“As árvores crescem belas e majestosas alimentadas por fortes raízes. Não temem as tempestades, são a conexão com a Terra. Não resistem às mudanças e se deixam levar pelos ciclos da natureza com serenidade e indulgência. Basta prestar atenção para perceber toda a mágica sabedoria que existe nelas…”

Olá. Bem-vindo(a) ao nosso site!

“A psicoterapia não é apenas uma oportunidade para as pessoas se sentirem genuinamente escutadas. É um espaço relacional que acolhe as angústias de que vão procurando fugir, ao mesmo tempo que as legenda e liga com os aspectos essenciais das suas vidas”

Primavera

 

Na Primavera é onde tudo se inicia, animais saindo das tocas, roupas leves, começam a surgir novos brotos nas árvores, folhagem, flores... É o tempo da esperança, do recomeço, de busca por tempos melhores, é uma época de grande expansão e força. Apesar de o Sol brilhar na primavera, o vento pode trazer um frio "escondido". É tempo de permitir-se florir e viver suas belezas, olhar para dentro. Tempo de auto-conhecimento e aprendizado.

Verão 

 

O Verão é o tempo da liberdade, do colorido, da postura expansiva. Alegrias, tempos de descansos merecido e pausas, assim como momento de consolidação e trabalho, tempo de escolhas. Estação de tempo quente, aberto, de plena luz,  as arvores assim como o Ser humano exercitam movimentos que tendem para o mundo externo.

Tempo favorável para exteriorizar sentimentos e investir em atividades e encontros que trazem otimismo e leveza. Estar em sintonia com esse período é importante, deixar mais espaço para o relaxamento e satisfações.

Outono

 No Outono é tempo de mudança e tranquilidade, preparação para tempos difíceis. Tempo das árvores perderem as folhas, podemos relacionar com nossas perdas e separações... A perda é necessária para ocorrer o processo do fortalecimento da árvore, como no homem. Se as árvores não as deixassem ir, não sobreviveriam à próxima estação. As folhas se queimariam com o frio do inverno e, assim, os ciclos de respiração da árvore se findariam bruscamente, o que resultaria no fim da vida. A natureza nos mostra que é preciso entrega, é preciso deixar ir o que não serve mais, para proteger o que é mais importante. O outono, é uma época especialmente recheada de significados que podem enriquecer nossas percepções.

Inverno 

No Inverno é tempo de recolhimento, do frio. Pessoas permanecem mais em ambientes fechados, as  roupas são mais pesadas e escuras. Buscam a sensação do calor em bebidas, sopas, proximidades. É realmente uma fase de recolhimento e interiorização, é um momento de descanso. Uma arvore no período de inverno concentra suas forcas em raizes fortes e profundas, raízes que ancoram-na ao solo e a abastecem com água e outros nutrientes, a arvore nos ensina que por mais que se esteja num período adverso e difícil, sempre podemos nos assegurar e relacionar `a nossas raizes. É um processo. O inverno é um bom período para ler, refletir e planejar . Também é momento de poupar energia e se fortalecer para o recomeço da primavera. 

Não é simples, nem fácil, mas também não é impossível. Como tudo na natureza, nossos processos de mudança carecem de tempo para se instalarem. Tempo para ir amadurecendo, até que seja o momento da colheita. Passo a passo, reflita sobre os pesos desnecessários que podem estar atrasando seu caminhar, vá se desapegando e deixando ir.

Se você desistir quando for Inverno, você perderá a promessa da Primavera, a beleza do Verão, a expectativa do Outono.